Principado do Brasil

136. Principado do Brasil - SGEx.png

Dublin Core

Título

Principado do Brasil

Descrição

A invasão de Portugal por Napoleão Bonaparte, em 1808, obrigou a corte portuguesa, sob a regência de D. João, a transferir-se para o Brasil, provocando transformações de natureza política e econômica e importantes iniciativas no campo militar, muitas das quais resultaram permanentes.
Ainda em 1808, por questões políticas, D. João determinou a ocupação da Guiana Francesa. Entre 1808 e 1816, foram criadas a Secretaria de Estado da Guerra e Negócios Estrangeiros, sendo seu primeiro titular D. Rodrigo de Souza Coutinho, o Conde de Linhares, e a Real Academia Militar, instalada na Casa do Trem da Artilharia (atual Museu Histórico Nacional), embrião da atual Academia Militar das Agulhas Negras. Nesta, inicialmente, matricularam-se 73 alunos, sendo que o Tenente-General Carlos Antonio Napion, atual Patrono do Quadro de Material Bélico, foi seu primeiro comandante. Em 16 de dezembro de 1815, o então Principado do Brasil foi elevado à categoria de Reino Unido a Portugal e Algarve. Esta obra retrata o regente D. João e seu Gabinete de Ministros, a criação da Academia Real Militar e a ocupação da Guiana Francesa pelas tropas brasileiras.
Pintura em óleo sobre tela, de autoria do Cel Estigarríbia, datada de 1997 e medindo 208 cm x 154 cm, apresenta as principais mudanças empreendidas, no campo militar, pelo Príncipe Regente Dom João, após a transferência da corte portuguesa para o Brasil, em 1808. Destacam-se a criação da Secretaria de Estado da Guerra e Negócios Estrangeiros (sendo seu primeiro titular Dom Rodrigo de Souza Coutinho, o Conde de Linhares), e da Real Academia Militar, embrião da atual Academia Militar das Agulhas Negras, bem como a participação da Força Terrestre, sob a bandeira do Principado do Brasil, na ocupação da Guiana Francesa. Acervo do Salão Guararapes.

Autor

Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia

Data

1997

Imagem Parada Item Type Metadata

Formato Original

Pintura em óleo sobre tela

Dimensões Fisicas

208 cm x 154 cm

Coleção

Tags

Referência

Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia, “Principado do Brasil,” EBAcervo, acesso em 21 de abril de 2024, http://ebacervo.eb.mil.br/items/show/14.

Formatos de Saída

Geolocalização

IIIF Manifest