Desdobraremos pelo Chaco!

141. Desdobraremos pelo Chaco - SGEx.png

Dublin Core

Título

Desdobraremos pelo Chaco!

Descrição

Após a queda da Fortaleza de Humaitá, em julho de 1868, o presidente paraguaio Francisco Solano Lopez concentrou suas forças em poderosas fortificações ao longo do rio Piquissiri, na margem esquerda do rio Paraguai. Flanqueavam essas posições uma extensa lagoa, a leste, a estreiteza do rio Paraguai em Angostura e a vastidão do chaco, a oeste. Solano Lopez estava convencido que as forças Aliadas não poderiam cruzar o chaco. Mas Caxias, como um Aníbal moderno, decidiu manobrar pelo terreno pantanoso. Para tanto, determinou a construção de uma estrada sobre estivas, com mais de dez quilômetros de extensão e utilizando cerca de seis mil troncos de palmeira "carandá", abundante na região. Essa operação é considerada a mais ousada e criativa de todo o conflito. Com a "Manobra de Piquissiri" os Aliados lograram atacar os paraguaios pela retaguarda, inesperadamente, obrigando-os a recuar na direção do arroio Itororó, onde, a 6 de dezembro de 1868, ocorreu a célebre batalha que deu início às vitórias da "Dezembrada". Esta obra retrata o momento em que o então Marquês de Caxias anuncia sua ousada decisão de construir uma estrada sobre o chaco, a qual permitirá às forças aliadas transpôr aqueles terrenos pantanosos e desbordar a poderosa posição paraguaia.
Pintura em óleo sobre tela, de autoria do Cel Estigarríbia, datada de 1998 e medindo 208 cm x 154 cm, representa o momento em que o então Marquês de Caxias, junto a seus principais comandantes, anuncia a criativa e ousada decisão de construir uma estrada sobre estivas para cruzar a pantanosa região do Chaco, permitindo às forças aliadas desbordar o poderoso obstáculo oferecido pelas posições de Piquissiri e atacar a retaguarda paraguaia, prosseguindo em seu avanço para as vitórias da “Dezembrada”. Acervo do Salão Guararapes.

Autor

Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia

Data

1998

Imagem Parada Item Type Metadata

Formato Original

Pintura em óleo sobre tela

Dimensões Fisicas

208 cm x 154 cm

Coleção

Tags

Referência

Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia, “Desdobraremos pelo Chaco!,” EBAcervo, acesso em 21 de abril de 2024, http://ebacervo.eb.mil.br/items/show/9.

Formatos de Saída

Geolocalização

IIIF Manifest